Páginas

O SENHOR É JUSTO E FIEL, ELE VEM COM AUTORIDADE E MOVE O CÉU!!! ALELUIAS!
"Este é o coração valente, ele ama toda gente

Ele ama quem não lhe ama, e ajuda quem não lhe pede

este coração que queima, arde o fogo do amor

Faz o triste ficar contente, e traz paz ao coração

Foi fiel à morte por minha causa

Não pensou nenhum segundo

Este é o amor, amor maior do mundo

Que não pensou nenhum segundo pra morrer por mim

Este é o coração valente, que explodiu lá na cruz

ele continua quente, está no peito de Jesus!"

Voz da Vedade

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Aos meus amigos...

Esses dias encontrei um gde amigo meu q hj mora meio longe de mim, mais mesmo assim, a amizade é a mesma.É muito bom ter amigos, eu amo meus amigos! pq pra mim existir sózinha é quase não existir.Há quem viva feliz sendo só, e só a olhar pro espelho e para o próprio umbigo.Acho incrível essas pessoas que se bastam a si próprios, não sei como conseguem... Eu, gosto do que sou e de quem sou, todos os meus sentimentos partem de outrém, a admiração, a amizade, o amor, a consideração e por aí vai...
Eu preciso de muita gente pra me sentir viva, e claro, de JESUS! para que minha existencia tenha plenitude e sentido, é por isso que amo o Senhor, me amo, amo minha família e amo meus amigos!!!

Aqui vai uma mensagem que li e achei que era tudo que meus amigos precisam saber...

"Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos.

Não percebem o amor que lhes devoto

e a absoluta necessidade que tenho deles.
A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor,
eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos,

enquanto o amor tem intrínseco o ciúme,

que não admite a rivalidade,

e eu poderia suportar, embora não sem dor,

que tivessem morrido todos os meus amores,

mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!

Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências...

A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem.

Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida.

Mas porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles.

Eles não iriam acreditar!

Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem que estão incluídos na sagrada relação de meus amigos.

Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro, embora não declare e não os procure E às vezes, quando os procuro,

noto que eles não tem noção de como me são necessários,

de como são indispensáveis ao meu equilíbrio vital,

porque eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente,

construí e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida.

Se um deles morrer, eu ficarei torto para um lado.

Se todos eles morrerem, eu desabo!

Por isso é que sem que eles saibam, eu oro pela vida deles.

E me envergonho porque essa minha oração é, em síntese,

dirigida ao meu bem estar.

Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.

Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles.

Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos,

cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim,

compartilhando daquele prazer...

Se alguma coisa me consome e me envelhece é que

a roda curiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado,

morando comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo,

todos os meus amigos, e, principalmente,

os que só desconfiam ou talvez nunca vão saber

que são meus Amigos!"





"A gente não faz amigos, reconhece-os."

bjão...

Um comentário:

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezada Kátia Farias,

A Paz do Senhor!

Que bom descobrir seu blog. Já estou seguindo e o incluí no meu bloglist do Point Rhema, confira lá!

Parabéns e continue!

Um grande abraço!
Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto